8 set aa

Porque o Canadá é um dos melhores países para se viver? Talvez essa matéria ajude a responder esta pergunta.

Yôga, o mundo todo está fazendo!

Porque o Canadá é um dos melhores países para se viver? Talvez essa matéria ajude a responder esta pergunta.

PRIMEIRO MINISTRO DO CANADÁ PRATICA YOGA E DIZ QUE É UM MOVIMENTO SOCIAL PARA O BEM DO SER HUMANO

Enquanto o clima caótico da polarização política no Brasil cresce, no Canadá, a primeiro-ministro pratica yoga. Justin Trudeau, líder do Partido Liberal, é marido da Sophie Gregoire-Trudeáú, poliglota, instrutora de yoga e ativista dos direitos das mulheres.

Sua esposa o influenciou a seguir pelo caminho da yoga e meditação.
http://yogui.co/wp-content/uploads/2016/03/primeiro_ministro_canada1.jpg
Sophie Gregoire-Trudeáú além de completar a sua formação de 200 horas em 2012, é praticante há vários anos e considera que yoga também é um movimento social.

Ela que diz que yoga lhe traz uma imensa sensação de paz e união:

“Eu também me inspiro muito com a minha prática de yoga. Eu acho que me leva a essa pequena pessoa dentro de mim que é o mesmo que em todos os outros. Como filosofia, yoga menciona que essa pessoa está em um estado contínuo de gratidão e paz… Uma pessoa que é tanto masculino quanto feminino – o equilíbrio perfeito entre os dois “

http://yogui.co/wp-content/uploads/2016/03/primeiro_ministro_canada2.jpg

Trudeau fecha os olhos e respira profundamente pra se posicionar no momento presente antes de cada discurso
Gregoire Trudeau disse que yoga mudou a sua vida.

“A meditação e prática física do Yoga são maneiras de se conectar profundamente com você mesmo e estar no presente. Yoga mudou a minha vida. É preciso disciplina, abertura e vulnerabilidade pra ser capaz de crescer como ser humano, para enfrentar suas falhas e abraçar sua beleza interior.

Eu conheci algumas pessoas incríveis através de aulas de yoga e oficinas. Como yoga me fez sentir tão bem, eu decidi fazer minha formação de professores (200 horas) para que eu pudesse compartilhar com os outros.

Milhões de pessoas praticam no mundo e os números ainda estão em ascensão. Há uma razão para isso. Yoga não é apenas uma prática e uma passagem ao longo de grandes ensinamentos sagrados, mas também um movimento social para o bem mais humano, compaixão e paz. O mundo precisa demais disso.

Encorajo vivamente as pessoas a experimentá-la. Não importa se você não está fisicamente apto, porque você não tem que ser “apto”. Tudo o que importa é que você tente e encontre o tempo para se conectar com você mesmo. Yoga deveria ser ensinado nas escolas como qualquer outra disciplina. Nossos filhos poderiam se beneficiar de um tempo de silêncio e mais introspecção; poderiam se divertir com a exploração do que o seu corpo e mente podem fazer “.

http://yogui.co/wp-content/uploads/2016/03/sophie-gregoire_image8-2.jpg

7 set

Ciência explica porque reclamar altera negativamente o cérebro!

Ouvir alguém reclamar, mesmo que seja você mesmo, nunca fez bem. Algumas pessoas dizem que reclamar pode agir como uma catarse, uma maneira de descarregar emoções e experiências negativas. Mas olhar com mais atenção ao que o ato de reclamar realmente faz para o cérebro nos dá motivos reais para lutar por um estado de espírito mais positivo e eliminar o mimimi de nossas vidas.
O cérebro é um órgão complexo que, de alguma forma, funciona em conjunto com a consciência para criar a personalidade de um ser humano, sempre aprendendo, sempre recriando e se regenerando. É ao mesmo tempo o produto da realidade e o criador da realidade, e a ciência está finalmente começando a entender como o cérebro cria a realidade.
Autor, cientista da computação e filósofo, Steven Parton, examinou como as emoções negativas na forma de reclamações, tanto expressas por você mesmo ou vindas de outros, afetam o cérebro e o corpo, nos ajudando a entender por que algumas pessoas parecem não conseguir sair de um estado negativo.
Sua teoria sugere que a negatividade e a reclamação realmente alteram fisicamente a estrutura e função da mente e do corpo.
“Sinapses que disparam juntas, se mantém juntas”, diz Donald Hebb, que é uma maneira concisa de compreender a essência da neuroplasticidade, a ciência de como o cérebro constrói suas conexões com base em tudo a que é repetidamente exposto. Negatividade e reclamações irão reproduzir mais do mesmo, como essa teoria destaca.
Donald Hebb explica ainda:
“O princípio é simples: em todo o seu cérebro há uma coleção de sinapses (responsáveis por transmitir as informações de uma célula para outra) separadas por espaços vazios chamados de fenda sináptica. Sempre que você tem um pensamento, uma sinapse dispara uma reação química através da fenda para outra sinapse, construindo assim uma ponte por onde um sinal elétrico pode atravessar, carregando a informação relevante do seu pensamento durante a descarga.
… toda vez que essa descarga elétrica é acionada, as sinapses se aproximam mais, a fim de diminuir a distância que a descarga elétrica precisa percorrer… o cérebro irá refazer seus próprios circuitos, alterando-se fisicamente para facilitar que as sinapses adequadas compartilhem a reação química e, tornando mais fácil para o pensamento se propagar.“
Além disso, a compreensão desse processo inclui a ideia de que as ligações elétricas mais utilizadas pelo cérebro se tornarão mais curtas, portanto, escolhidas mais frequentemente pelo cérebro. Isso explica como a personalidade é alterada.
No entanto, como seres conscientes, temos o poder de modificar esse processo, simplesmente ao nos tornarmos conscientes de como o jogo universal da dualidade atua no momento em que surgem os pensamentos. Nós temos o poder de escolher criar pensamentos conscientes de amor e harmonia, garantindo, assim, que o cérebro e a personalidade sejam positivamente alterados.
A empatia e o efeito em grupo
Vamos além do efeito que a reclamação tem sobre o próprio indivíduo. Essa linha de raciocínio científico se estende até a dinâmica entre duas pessoas, explicando cientificamente como a reclamação joga outras pessoas para baixo.
Assim, quando alguém derrama um caminhão de fofocas, de negatividade e drama em cima de você, você pode ter certeza que está sendo afetado bioquimicamente, diminuindo as suas chances ser feliz. A exposição a esse tipo de explosão emocional realmente provoca stress. E já sabemos que o estresse mata. Portanto, reclamação e negatividade podem contribuir seriamente para a sua morte precoce.
Parton refere-se a essa perspectiva como “a ciência da felicidade”, e este comportamento de reclamação contínua oferece um estudo propício para a ligação entre o poder do pensamento e a capacidade de controle que uma pessoa pode ter sobre a criação de sua realidade tridimensional.
“… Se você está sempre reclamando e menospreza o seu próprio poder sobre a realidade, você não pensa que tem o poder de mudar. E assim, você nunca vai mudar. “

ben-hur-2016-english-movie 31 ago

Yôga faz a diferença para o ator Rodrigo Santoro. #dica de Filme: Ben-Hur

Não é à toa que o ator Rodrigo Santoro foi escolhido para interpretar um dos principais papéis (se não o principal pois ele interpreta, nada mais nada menos, que Jesus) do cinema mundial da atualidade, no filme Ben-Hur, que estreou nas telas do cinema nesta última sexta feira. Para deixar de ser só mais um rostinho bonito e se tornar um dos maiores atores da atualidade o ator estudou muito, trabalhou e superou preconceitos e o complexo de vira-latas que a maioria dos brasileiros ainda têm e, com o auxílio do YÔGA chegou ao ápice da carreira, tornando-se “imortal” para as telas do cinema mundial.

rodri31 agos benhur

Confira nos cinemas da sua cidade essa obra e veja a interpretação do ator brasileiro, praticante assíduo de Yôga:

Ben-Hur
2016 ‧ 2 h e 5 min
Direção: Timur Bekmambetov
Elenco: Jack Huston, Toby Kebbell, Rodrigo Santoro, Nazanin Boniadi, Ayelet Zurer, Morgan Freeman

GNC Neumarkt – Blumenau
Legendados em português
Padrão 14:00 16:15 21:50
Dobrados em português
3D 16:30
Legendados em português
3D 21:40

Arcoíris Arcoplex Park Europeo
Dobrados em português
Padrão 14:00
Dobrados em português
3D 19:00 21:30

Cinépolis Blumenau Norte
Dobrados em português
3D 14:45 17:30
Legendados em português
3D 20:45

Há alguns meses ele esteve no programa da rede globo, faustão e, preocupou-se em deixar uma dica valiosa para todos os telespectadores… confira abaixo.

Não é segredo pra ninguém que nós somos apaixonados por yôga. O Yoga Sampa foi criado para dar forma a essa paixão e entusiasmo que sentimos em disseminar a cultura e os benefícios do yôga. E é por isso que hoje o nosso coração vibrou de alegria. Acabamos de assistir o trecho do Domingão do Faustão onde o talentoso ator Rodrigo Santoro responde sobre como busca vencer seus desafios e manter o equilíbrio em seu dia-a-dia:

“Isso absolutamente eu aprendi com o Yôga. Eu recomendo, telespectador. Yôga é um santo remédio. Yôga e meditação”.

rodri31 agos benhur

Uau! Que alegria ouvir um relato desses no horário nobre da TV brasileira. Acredito e torço para que essa mensagem tenha chegado com muito carinho ao coração de milhares de pessoas. Rodrigo ainda completou:

“Yôga é uma coisa muito séria, que me ajudou a poder encarar as dificuldades. Quando a gente não se sente bem, a yôga é um exercício de respiração, de consciência corporal que nos ajuda a estar confortável dentro do desconforto. E quantas vezes passamos por situações desconfortáveis durante o dia? Isso faz mal! (…) Precisamos manter o equilíbrio. Isso nos ajuda a passar pelas coisas sofrendo menos.”

Fonte Yoga Sampa

21dcbcc3d0803df1ea318ba03eed1fd2

Universitários melhoram performance após prática de Yôga

 

Psiquiatras descobrem que a prática de Yôga melhora performance mental em estudantes.

A cada dia aparecem mais notícias e comprovações de que o Yôga é uma ferramenta incrível de melhora dos nossos níveis físico, mental, social e espiritual. Desta vez cientistas na Índia comprovaram que a prática é eficaz para a melhora de performance mental através de exames das ondas cerebrais.
A época da universidade é um momento muito estressante na vida de qualquer indivíduo, onde a administração do tempo e das emoções é crucial a “sobrevivência” do estudante aos momentos de dificuldades.
Foram testados 30 estudantes de 17 a 37 anos que buscavam formas de melhora da qualidade de vida devido a fase e durante 21 dias passaram por aulas de Yôga envolvendo técnicas respiratórias e meditação. Após este período, os estudantes foram examinados através de um exame que mede as ondas cerebrais e os cientistas descobriram que elas se modificaram ao longo deste tempo, além da sensação pessoal que cada um que também havia se modificado onde inclusive a performance mental e concentração havia melhorado.

O artigo pode ser visto aqui: 1.usa.gov/1nbZCsT

market redes sociais 12

Você vive hoje uma vida que gostaria de viver por toda a eternidade?

O Yôga é um método prático.

É não pensar. É fazer.
É agir sobre si mesmo, sobre nosso corpo, nossas emoções, nossa mente, nosso SER.

Tudo fica melhor, tudo evolui a cada prática.
É construir uma escada, um degrau por dia.
Sempre pra cima, sempre melhor.

O Yôga é assim: precisa ser usado e abusado se queremos, DE VERDADE, deixar de sobreviver e começar a viver.

Vem praticar! Vem fazer-se melhor.
Vem construir um presente e um futuro feliz.

Ótima semana!
Abração da Equipe Yôga Blumenau.